apoio científico

apoio

Posters

Subanálise do estudo Alcyone revela que a obtenção e a manutenção de respostas mais profundas após tratamento com D+VMP associam-se a melhores outcomes relacionados com a qualidade de vida

“Long-Term Outcomes and Health-Related Quality of Life (HRQoL) By Response Status for Bortezomib, Melphalan, and Prednisone (VMP) ± Daratumumab (DARA) in Alcyone” foi o título de um trabalho, apresentado na ASH 2020, que contou com a participação do Prof. Doutor Paulo Lúcio, hematologista na Fundação Champalimaud. Esta subanálise do estudo Alcyone, conforme explicou o especialista, “relacionou a qualidade de resposta ao tratamento  com a sua eficácia a longo prazo e, simultaneamente, com a qualidade de vida dos doentes”. Assista ao vídeo com as declarações do Prof. Doutor Paulo Lúcio.

Ver mais

IPO de Lisboa colaborou em vários trabalhos na área dos linfomas apresentados na ASH 2020

Durante a 62nd ASH Annual Meeting and Exposition (ASH 2020), foram apresentados, sob a forma de poster e comunicação oral, vários trabalhos na área dos linfomas que contaram com a colaboração do IPO de Lisboa. Em declarações à News Farma, a Prof.ª Doutora Maria Gomes da Silva, diretora do Serviço de Hematologia do IPO de Lisboa e coautora em cinco destes trabalhos apresentados, resume os principais achados obtidos nestes estudos.

Ver mais

Resultados do estudo PANORAMA 3 apresentados durante a ASH 2020

O IPO do Porto participou no estudo “Efficacy and Safety of the Panobinostat-Bortezomib-Dexamethasone Combination in Relapsed or Relapsed/Refractory Multiple Myeloma: Results from the Randomized Panorama 3 Study”, apresentado ontem, dia 7, na 62nd ASH Annual Meeting and Exposition (ASH 2020). Em conversa com as News Farma, o Dr. José Mário Mariz, diretor do Serviço de Onco-Hematologia do IPO do Porto, detalhou os resultados deste trabalho que comparou três posologias distintas de panobinostat (em combinação com bortezomib e dexametasona) como estratégia de tratamento do mieloma múltiplo (MM) em recaída/refratário (R/R).

Ver mais

Estudo de “vida real” do European IDH Research Group avalia impacto prognóstico das mutações isocitrato desidrogenase 1/2 na LMA

Selecionado para apresentação em formato de poster pela ASH, o trabalho “Acute Myeloid Leukemia with Isocitrate Dehydrogenases (IDH) 1 and 2 Mutations. a Real-World Study from the European IDH Research Group”, que resultou da colaboração de cinco países (Portugal, Áustria, Espanha, Itália e Alemanha), incluiu a participação de cinco centros hospitalares portugueses (CHLC/Hospital dos Capuchos, IPO de Lisboa, CHLN/Hospital de Santa Maria, CHUC e IPO do Porto) e foi  liderado pela Prof.ª Doutora Carmo Fonseca do Instituto de Medicina Molecular (IMM) João Lobo Antunes.

Ver mais
Pág. 1 de 2

Newsletter

Receba em primeira mão todas as notícias